Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

no souvenir

no souvenir

A beleza do trágico

São imagens de guerras, lágrimas e perdas. Pobreza, discriminação e abuso. A tragédia da vida humana consegue ficar bela através das objetivas dos fotógrafos distinguidos pelo World Press Photo. São imagens que, como a foto do ano, fazem arrepiar a espinha e parecem retiradas de um filme. Retratam uma realidade na maioria das vezes distante do nosso dia-a-dia. Enquanto estamos preocupados com o filtro que vamos escolher para as nossas fotografias do Instagram estes fotógrafos estão no olho do furacão para lembrar que o mundo é um lugar trágico.

 

@Paul Hansen


A boa notícia foi ter este ano um português premiado na categoria Vida Quotidiana. Daniel Rodrigues foi distinguido com uma fotografia que retrata crianças a jogar futebol em Dolumbi, na Guiné-Bissau. No meio de tanta tragédia entre as fotos premiadas no World Press Photo, a imagem do Daniel é singela e, ao mesmo tempo, realista. Consegue transmitir a alegria daquelas crianças mas não esconde a condição das mesmas. Jogam futebol descalças num campo envolto na poeira. São felizes num mundo que é tão trágico.

 

@Daniel Rodrigues