Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

no souvenir

no souvenir

2012

2012 caiu-me em cima como um ano maldito

como um calendário sem números

como um relógio sem ponteiros

2012 caiu-me em cima com pragas rogadas

profecias de outros tempos

crónicas de mortes anunciadas

2012 caiu-me em cima

eu segurei-o e disse-lhe:

tem calma, é viver um dia de cada vez

 

 Foto e texto: AB